O que é a Camex e como ela funciona?

Tempo de leitura: 3 minutos

A Camex (Câmara de Comércio exterior) é a instituição mais importante no comércio exterior brasileiro. Ela está ligada diretamente à Presidência da República. Criada em 1995, é composta por um Conselho de Ministros e uma Secretaria Executiva.

A criação da Camex foi realizada como um esforço para responder às rápidas mudanças e ao crescimento do setor externo brasileiro. Esse sempre foi tratado de forma isolada pelos Ministérios do país, o que limitava muito o processo de decisões do comércio exterior.

Hoje, nenhuma resolução que interfira no comércio exterior brasileiro pode ser editada sem a deliberação prévia da Camex. Para você saber mais sobre como funciona a Camex, separamos as informações abaixo. Acompanhe!

Quem participa da Camex

A Camex tem como instituição de deliberação superior e final um Conselho de Ministros, composto pelos seguintes Ministros de Estado:

  • Chefe da Casa Civil da Presidência da República, que o presidirá;
  • da Indústria, Comércio Exterior e Serviços;
  • da Agricultura, Pecuária e Abastecimento;
  • da Fazenda;
  • das Relações Exteriores;
  • do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão; 
  • dos Transportes, Portos e Aviação Civil; e
  • Chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República.

Principais competências da Camex

À Camex compete, entre outras questões: 

  • conduzir a política aduaneira, em observância da competência específica do Ministério da Fazenda;
  • definir diretrizes e procedimentos relacionados à implementação da política de comércio exterior com o objetivo de inserir competitivamente o Brasil no cenário econômico internacional;
  • estabelecer planos para as negociações de acordos e associações relacionadas ao comércio exterior, de natureza bilateral, local ou multilateral;
  • orientar a política tarifária na importação e exportação com informações básicas;
  • firmar as alíquotas do imposto de importação e exportação;
  • fixar direitos antidumping e compensatórios, previstos ou definitivos, e salvaguardas;
  • orientar sobre política de frete e transportes internacionais, aeroportuários, portuários, e de fronteiras, com o objetivo de adaptar as metas da política de comércio exterior e ao aprimoramento da concorrência;
  • conduzir políticas de incentivo à melhoria dos serviços nos portos, de transporte e de turismo, com a missão de incrementar as exportações e da prestação desses serviços a usuários de origem estrangeira;
  • criar normas para a política de incentivo das exportações de bens e de serviços, assim como para a cobertura das ameaças de financiamento, incluindo as relativas ao seguro de crédito às exportações;
  • definir, no âmbito das atividades de exportação e importação, normas e orientações sobre processos para os seguintes assuntos, observado o direito legal:
  1. fundamentar e simplificar o sistema administrativo;
  2. habilitar o credenciamento de empresas para a prática de comércio exterior;
  3. estabelecer regras de origem e procedência dos produtos;
  4. conceituar exportação e importação;
  5. classificar e padronizar os produtos;
  6. marcar e rotular as mercadorias.

É importante lembrar que as deliberações expedidas pela Camex devem considerar, ainda, os compromissos internacionais firmados pelo Brasil, em especial junto ao MERCOSUL, à Organização Mundial do Comércio — OMC —, e à Associação Latino-Americana de Integração — ALADI.

Se você gostou desse artigo sobre o que é a Camex e como ela funciona, vai gostar também de o que é MIC/DTA e para que ele serve. Confira!

Sobre RockContent

Esta área é reservada para a biografia do autor e deve ser inserida para cada autor a partir da seção Informações biográficas, no painel administrativo. Caso deseje incluir links para as redes sociais de cada autor do site, recomendamos que instale o plugin WordPress SEO. Após instalado, o plugin criará os respectivos campos para links das principais redes sociais (Facebook, Google Plus e Twitter). Após preenchidos os campos, os links de cada rede aparecerão automaticamente aqui.